Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10469/17766
metadata.dc.tipo.spa: Tesis de maestría
Title: Da arte de manipulação de medicamentos ao atendimento remoto: a trajetória do trabalho farmacêutico nas farmácias no Brasil
metadata.dc.creator: Novato Públio, Rilke
metadata.dc.contributor: Oliveira Teixeira, Marilane (Dir.)
metadata.dc.date: 2021
Publisher: São Paulo, Brasil: FLACSO Sede Brasil
Citation: Novato Públio , Rilke. 2021. Da arte de manipulação de medicamentos ao atendimento remoto: a trajetória do trabalho farmacêutico nas farmácias no Brasil. Tesis de maestría, Flacso Brasil.
Keywords: POLÍTICA DE LA SALUD
FARMACIA
metadata.dc.format: 82 p.
Description: A profissão farmacêutica tem sua origem na milenar arte da manipulação artesanal de medicamentos. No Brasil Colônia, as primeiras boticas aqui instaladas pelos boticários portugueses, que já despertaram grande interesse por parte dos comerciantes leigos, predominaram por muito tempo até que os primeiros cursos de formação de farmacêuticos brasileiros fossem instalados no fim da primeira metade do século XIX. No entanto, mesmo ocupando maior espaço de atendimento farmacêutico por meio do fornecimento de medicamentos artesanalmente manipulados nas farmácias até meados do século XX, foi com o desenvolvimento da indústria fabricante de medicamentos em larga escala que se transformou o perfil dos estabelecimentos farmacêuticos, a partir da autorização da abertura de drogarias por não-farmacêuticos. Isso aumentou sobremaneira o número de estabelecimentos de dispensação de medicamentos no Brasil. Ao mesmo tempo, uma mudança significativa no currículo de graduação direcionou os recém-formados para outras atividades da profissão que não a farmácia. Com o aumento crescente do consumo de medicamentos no País e com a chegada da indústria farmacêutica estrangeira, houve diversas tentativas de flexibilizar a venda de medicamentos a despeito dos riscos do uso indevido. A defesa de uma legislação que garanta o exercício do profissional nas farmácias e drogarias e que busque assegurar o uso racional dos medicamentos, evitando a banalização do seu consumo, tem sido uma luta permanente dos sindicatos farmacêuticos. O estudo teve como centralidade a pesquisa bibliográfica relacionada ao tema. Uma das conclusões do estudo é de que quanto mais próximo o farmacêutico estiver dos pacientes e clientes, maior será o reconhecimento da profissão perante a sociedade, com a valorização deste profissional imprescindível para a saúde pública em nosso País.
metadata.dc.rights: openAccess
Atribución-NoComercial-SinDerivadas 3.0 Ecuador
URI: http://hdl.handle.net/10469/17766
Appears in Collections:Maestría en Estado, Gobierno y Políticas Públicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A-Cubierta-T-2021RNP.jpgTesis - portada20,62 kBJPEGThumbnail
View/Open
TFLACSO-2021RNP.pdfTesis - texto completo945,12 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons