Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10469/17769
metadata.dc.tipo.spa: Tesis de maestría
Title: Violência contra mulheres: o assédio sexual no ambiente de trabalho de uma empresa pública do Estado de Minas Gerais
metadata.dc.creator: Aparecida de Paula Costa, Janya
metadata.dc.contributor: Faleiros Camargo Moreno, Renata (Dir.)
metadata.dc.date: 2021
Publisher: São Paulo, Brasil: FLACSO Sede Brasil
Citation: Aparecida de Paula Costa, Janya. 2021. Violência contra mulheres: o assédio sexual no ambiente de trabalho de uma empresa pública do Estado de Minas Gerais. Tesis de maestría, Flacso Brasil.
Keywords: EMPLEO DE LAS MUJERES
VIOLENCIA SEXUAL
metadata.dc.format: 128 p.
Description: A presente dissertação visa analisar as percepções dos trabalhadores e trabalhadoras de uma empresa pública do estado de Minas Gerais, sobre a incidência de assédio sexual contra mulheres em locais de trabalho, as atitudes da empresa quanto ao enfrentamento desta questão em suas unidades, considerando-o como violência contra mulheres influenciada pela cultura patriarcal. As relações na sociedade são marcadas por papeis sociais imputados aos sujeitos. Para compreender o processo de violência contra as mulheres na sociedade contemporânea, o fio condutor metodológico deste estudo qualitativo está na compreensão do assédio sexual no trabalho, usando como campo empírico de pesquisa a Emater-MG. Buscou-se, nesta investigação, realizar uma análise crítica do processo de violência contra as mulheres, seus impactos psicológicos e formas de combate. A pesquisa identificou e analisou ações existentes na política de recursos humanos da empresa e como ela se coloca quanto à identificação e solução de atos de assédio sexual no local de trabalho. Constatou-se não existir programa institucional de prevenção ou combate ao assédio sexual na empresa. Foi realizado um estudo junto a 154 trabalhadores e trabalhadoras da empresa, por meio de um questionário eletrônico com questões abertas e fechadas, para identificar e analisar a percepção sobre as formas de assédio moral e sexual, sua ocorrência, consequências, possíveis ações de prevenção e quais são as maiores vítimas. Os resultados da pesquisa demonstraram uma percepção maior de ocorrência, na empresa, de assédio moral em relação ao sexual, além de confirmar as mulheres como maiores vítimas, o que aponta para a constatação de que influências patriarcais favorecem a ocorrência desta violência na empresa. Emerge-se, portanto, a necessidade de se discutir formas de conscientização, prevenção, acolhimento de denúncias e punição de assediadores, com ampla divulgação na empresa, facilitando, desta forma, o combate ao assédio sexual contra mulheres na empresa.
metadata.dc.rights: openAccess
Atribución-NoComercial-SinDerivadas 3.0 Ecuador
URI: http://hdl.handle.net/10469/17769
Appears in Collections:Maestría en Estado, Gobierno y Políticas Públicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A-Cubierta-T-2021JAPC.jpgTesis - portada17,17 kBJPEGThumbnail
View/Open
TFLACSO-2021JAPC.pdfTesis - texto completo1,73 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons