Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10469/17770
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributorMiranda Alves, Juliete (Dir.)-
dc.creatorMarcos Quaresma Ferreira, Antonio-
dc.date2021-
dc.date.accessioned2022-01-13T15:43:54Z-
dc.date.available2022-01-13T15:43:54Z-
dc.identifier.citationMarcos Quaresma Ferreira, Antonio. 2021. Repercussões socioeconômicas na vida de egressos do Programa Nacional de inclusão de jovens: categoria Projovem Urbano no município de Igarapé-Miri,PA. Tesis de maestría, Flacso Brasil.es_ES
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10469/17770-
dc.descriptionA presente dissertação constitui resultado de pesquisa acadêmica intitulada “Repercussões socioeconômicas na vida de egressos do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Categoria Projovem Urbano) no município de Igarapé-Miri/PA”. Trata-se de um importante estudo sobre o papel desempenhado pelas políticas públicas no processo de enfrentamento às desigualdades sociais. De modo específico a pesquisa buscou compreender o sentido e o alcance das políticas públicas para a juventude, a partir do estranho paradoxo entre desenvolvimento econômico e pobreza urbana. O trabalho faz um apanhado histórico sobre o município de Igarapé-Miri, desde a formação do povoado de Vila de Sant’Ana de Igarapé-Miri, passando pela criação do município e elevação à categoria de cidade. Busca-se dentro de uma perspectiva crítica compreender as raízes da desigualdade econômica e social desde o modo de produção escravista para a produção da cana de açúcar (para fabricação da cachaça artesanal) até processo de urbanização desigual ocorrido após a falência dos engenhos. O município que hoje usufrui do título de “Capital Mundial do Açaí” também enfrenta desafios imensos na área social, onde de modo especifico destacam-se as situações de vulnerabilidade a que estão submetidos os jovens, sobretudo das classes populares. Em 2009, o município foi contemplado com o Programa Projovem Urbano, o qual foi executado durante o período de 18 meses, possibilitando aos jovens, elevação de escolaridade, inserção social e capacitação para o mercado de trabalho. A pesquisa buscou assim compreender os efeitos socioeconômicos do Projovem Urbano na vida dos egressos, tal como a contribuição do programa para a conscientização de direitos a uma cidade justa. A pesquisa revelou que os investimentos em políticas públicas têm sido fundamentais para o processo de redução da pobreza, e, consequentemente, para a diminuição das injustiçases_ES
dc.format94 p.es_ES
dc.languagepores_ES
dc.publisherSão Paulo, Brasil: FLACSO Sede Brasiles_ES
dc.rightsopenAccesses_ES
dc.rightsAtribución-NoComercial-SinDerivadas 3.0 Ecuador*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/ec/*
dc.subjectPOLÍTICA PÚBLICAes_ES
dc.subjectJUVENTUDes_ES
dc.titleRepercussões socioeconômicas na vida de egressos do Programa Nacional de inclusão de jovens: categoria Projovem Urbano no município de Igarapé-Miri,PAes_ES
dc.typemasterThesises_ES
dc.tipo.spaTesis de maestríaes_ES
Appears in Collections:Maestría en Estado, Gobierno y Políticas Públicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A-Cubierta-T-2021AMQF.jpgTesis - portada18,26 kBJPEGThumbnail
View/Open
TFLACSO-2021AMQF.pdfTesis - texto completo1,61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons